• R. Tomé de Souza, 830 - Sala 1602 - Savassi, Belo Horizonte - MG, 30140-130
  • 31972457434
  • 3135002500

10 dicas para ficar no topo do Google

10 dicas para ficar no topo do Google
As primeiras posições no Google é o objetivo de quase toda empresa. O rankeamento do Google pode ser conquistado por uma série de atividades e esforços que demandam tempo, mas trazem um excelente resultado.

É perceptível o quão motivador e positivo é para o seu comércio e/ou negócio estar entre um dos primeiros resultados do google, além de gerar certa credibilidade para sua empresa. Graças a isso separamos 10 dicas com muito carinho sobre como você pode chegar ao topo do Google e se manter lá de forma orgânica.

1. Encontre uma boa palavra chave

Você deve ter em mente uma palavra que defina com precisão seu blog, site ou e-commerce, produto e/ou serviço com o qual você trabalha ou ofereça, não é mesmo? É importante se atentar a essa parte pois a escolha das palavras pode fazer toda diferença no seu posicionamento nas pesquisas, aqui é importante que você pense pelo lado do cliente e em como este o procuraria pelo seu conteúdo na internet e use essas palavras.
 
É importante que além de utilizar termos bastante concorridos, procure estar sempre buscando por novos termos dos quais seu público utiliza para chegar até você. Ao encontrar termos diferentes você acaba saindo na frente da concorrência e conseguindo cliques mais baratos por utilizar termos menos concorridos. Além disso, é importante que você também não se prenda à escolha de apenas duas palavras chaves, afinal a esmagadora maioria das pessoas não fazem uso de apenas duas palavras quando pretendem fazer uma pesquisa no navegador.

2. Tenha um conteúdo bom e bem produzido

Sobre essa dica é importante que você tenha em mente que de nada vai adiantar seguir outros passos e deixar este pra trás, afinal não adianta seu site chegar o topo se você não conseguir entregar um conteúdo que aumente o tempo de permanência do cliente dentro da sua página, essa permanência é julgada pelo buscador como o indicativo de que seu conteúdo é o que o cliente esperava ou não e dependendo do resultado o buscador para de deixar você dentre as primeiras opções.
 
Por isso é importante que você sempre produza conteúdo original e bem elaborado para postar no seu site. O algoritmo de pesquisa do buscador assimila melhor artigos originais que ganham prioridade na exibição dos resultados. Pense em um conteúdo que faça seu público acessar seu site, e nada de copiar, nem que seja só uma frase de outra empresa, pois o Google identifica aquilo como cópia e não vai recomendar você.

Por exemplo, para manter um bom índice de permanência no seu site é ideal que você mantenha uma frequência de posts sobre o assunto que você trabalha, serviço ou produto é um site harmonioso, nada de distribuir várias informações ao mesmo tempo na sua página inicial.
 

3. Use alt nas suas imagens

O recurso do Alt normalmente é utilizado em HTML para descrever imagens, Alt text (ou texto alternativo) é um texto curto cujo objetivo é descrever uma imagem ou qualquer outro elemento visual dentro de seu site, quando não é usado o Google reconhece a imagem como apenas um borrão. É muito importante que você consiga utilizar esse recurso quando carregar suas imagens no seu site, pois esse recurso te ajuda com além de mais acesso um melhor posicionamento.

Recomendamos que em todas as imagens que você for usar em seu site você as renomeie. Por exemplo você é o dono de uma confeitaria e deseja subir uma imagem em seu site de um bolo novo em seu cardápio, é provável que o nome da sua imagem aparece da seguinte forma "7648536.jpg" você pode utilizar o alt “bolo de confeitaria.” essa mudança nas imagens além de melhorar seu site na classificação do buscador a fotografia também pode aparecer melhor classificada no resultado por imagens.

4. Faça uso de links internos e externos

Os links serão aliados muito importantes para a melhor classificação do seu site. Isso porque quanto mais links estiverem entrelaçados com o seu conteúdo mais o buscador entende que seu site é relevante e diferente dos outros. Por isso, faça seu site dialogar com links internos e externos. Os links internos garantem uma melhor navegabilidade dentro do seu site, o que é atrativo para clientes e os externos ajudam na relevância e te ajudam no seu posicionamento.

Claro que qualquer indicação é positiva, porém, vale a pena atentar para algumas das próprias regras do buscador, o ideal é que os links contenham texto âncora que se refira ao tema que você trabalhe, sejam provenientes de sites que atuam no mesmo segmento que você e tenham caráter natural.

5. Tenha um site responsivo

Ter um site responsivo hoje em dia significa que seu site precisa se adequar a todos os tipos de aparelhos em que seus clientes optarem por abrir; tablet, smartphones, computadores e notebooks, o buscador do google dá prioridades a sites que tenham esse tipo de layout. Os smartphones hoje em dia são disparados um dos dispositivos mais utilizados para a navegação, por isso é necessário se pensar conteúdos que se adequem bem para telas menores. Por isso é necessário investir na responsividade e na experiência do usuário, pois o google também considera esses dois fatores na hora da classificação dos sites.

6. Use sua palavra chave na URL do seu site

É importante se certificar que a palavra chave de sua escolha esteja refletida na URL do seu site bem como no título da sua página. Isso porque os algoritmos usados pelo buscador do google levam em conta se o conteúdo que você apresenta no seu site também vão aparecer nos seus títulos e URL. Portanto é importante que você defina de maneira objetiva e resumida o título do seu blog. Não esquecendo, sempre que possível, de inserir a palavra-chave definida para seu site.
 
Suponhamos que você tenha escrito e postado em seu site um artigo sobre dicas de artesanato para iniciantes. Você pode então personalizar a URL do seu site para por exemplo: www.seusite.com/5-dicas-fazer-artesanato. o buscador do google lê os links do seu site e tende sempre a posicionar aqueles que têm o cuidado de associar o link com o conteúdo que produz, por isso é muito importante se atentar a essa dica.

7. Mantenha seu site otimizado

O buscador do google tende a priorizar sites que priorizam uma melhor experiência para o usuário, isso significa que independente de quantos recursos você invista para que seu site esteja receptivo, o buscador simplesmente não o recomendara aos clientes se ele não estiver otimizado. Isso significa que além de tudo seu site deve ter um carregamento rápido já que é nos primeiros segundos que o cliente decide se vai continuar no seu site ou não.

Para que você não sofra com eventuais problemas recomendamos que perca esses segundos preciosos com sua página carregando, busque diminuir a resolução de imagens, evite os Widgets e publicidades em excesso na sua página inicial. Sempre pensando que sites pesados são desatraentes para seus clientes e que a ferramenta do google buscará por sites rápidos e com maior usabilidade. Invista em praticidade para atrair mais pessoas e ficar melhor classificado com site de referência.

8. Capriche no uso do SEO

O SEO nada mais é que um conjunto de regras específicas (Search Engine Optimization) usadas, e geralmente divididas entre conteúdo, autoridade e tecnologia para alcançar bons posicionamentos de páginas de um site no Google e em outros buscadores, gerando assim um tráfego orgânico. Ou seja, se você se atentar a essas regras e aplicá-las de maneira correta você pode alcançar um bom posicionamento sem que você tenha que pagar por isso.
 
Ou seja: aplicando o SEO, você fará uso de palavras-chave, links amigáveis, além de outras características que esse recurso valoriza, que vão deixar o seu site preparado para aparecer bem nos resultados. Mas é válido se atentar ao fato de que essas regras estão em constante atualizações e seus bons resultados vão depender de que você acompanhe regularmente essas novidades.

9. Se atente aos títulos

Os títulos, subtítulos são outros importantes aliados na sua busca por bons resultados e posição. Aqui você deve considerar a frequência que sua palavra chave aparece nos seus títulos, subtítulos e até mesmo no seu conteúdo. É recomendado que você possua de 3 a 5% dessas palavras chaves aparecendo no restante do seu conteúdo.

Também é importante que o conteúdo do seu site seja dividido com o auxílio desses títulos e subtítulos, isso porque o buscador do google reconhece que mais de 300 palavras por conteúdo é considerado ruim. A organização ideal do seu conteúdo seria organizar seu texto em; título e vários subtítulos para auxiliar seu texto e ter melhor receptividade entre seus clientes e futuros clientes.
 
Por exemplo, suponhamos que você queira fazer uma publicação no seu site sobre criação de artesanato você poderia dividir a criação desse conteúdo da seguinte forma: título principal: Aprendendo a fazer seu próprio artesanato e dividir o restante desse conteúdo em subtítulos como: Artesanatos de cerâmica, artesanatos de argila, artesanatos de biscuit deixando seu conteúdo mais organizado e atrativo.

10. Cadastre sua empresa no Google meu negócio

O google meu negócio é uma plataforma criada para que empreendedores possam divulgar seus negócios de forma gratuita nos resultados das pesquisas. Por isso é importante que você cadastre sua empresa nessa plataforma, pois assim, ao ser procurada no google, sua localização e também outros dados importantes do seu comércio serão exibidos bem como dados para contato, descrição da sua empresa e avaliações.
 
Com sua empresa cadastrada no google meu negócio a chance de que você alcance um bom posicionamento nas pesquisas e apareça em áreas privilegiadas com fotos, avaliações e diversas outras informações a respeito do seu negócio se tornam infinitamente maiores.

Dica bônus!!!

Observe o que a concorrência anda fazendo.
 
É importante acompanhar de perto o que a concorrência anda fazendo, o que está dando certo ou não ou quais palavras chaves eles andam usando. Essas informações podem ser importantes para melhorar seu posicionamento. Você pode verificar quais títulos eles andam usando a forma como produzem o conteúdo etc.
Com base nestas análises você pode incluir algumas técnicas que funcionam ao seu próprio site e alcançar posições melhores.

Conclusão:

Essas foram as dicas mais importantes que encontramos e separamos com muito carinho e atenção para ajudar a levar seu negócio a obter melhores classificações de rankeamento no buscador do Google.
Esperamos que tenham gostado do nosso material, para ficar por dentro dos nossos principais conteúdos nos sigam nas redes sociais.

Criação de sites, Marketing Digital e muito mais!

Tudo isso você encontra no nosso blog, com conteúdos exclusivos desenvolvidos por nossa equipe

Conversar
no Whatsapp